Informação para despertar consciências.

Chocolates Mars e Snickers são recolhidos em Portugal e em 55 países
, / 239 0

Chocolates Mars e Snickers são recolhidos em Portugal e em 55 países

PARTILHAR
Página Inicial Saúde Alimentação Chocolates Mars e Snickers são recolhidos em Portugal e em 55 países

A norte-americana Mars Incorporated, fabricante de chocolates, pet fodd e outros géneros alimentícos ordenou, esta terça-feira, a retirada de mercado dos chocolates Mars, Snickers, Milky Way Mini e Miniatures de 55 países, incluindo Portugal, após ter detetado plástico num dos seus produtos.

Gama Mars

A decisão foi tomada depois de um consumidor alemão ter encontrado um pedaço de plástico vermelho, numa tablete de Snickers comprada a 08 de janeiro na Alemanha.

Após se ter queixado à Mars, verificou-se que o plástico provinha da fábrica em Veghel, de uma capa protetora utilizada no processo de fabrico.

Os chocolates potencialmente afetados têm data de validade entre 3 de julho e 9 de outubro de 2016.

“A decisão surge devido à possibilidade de algumas das barras de chocolate destas marcas poderem conter pequenos pedaços de plástico vermelho”, divulga a Mars Portugal em comunicado de imprensa.

“Estamos perante um incidente isolado e apenas referente aos produtos indicados. Outras variedades de chocolates, diferentes formas de apresentação ou barras de outros tamanhos não são afetados”, lê-se ainda na nota.

Também os bombons da marca Celebrations, da Mars, estão a ser recolhidos nos países onde são comercializados, escreve a agência de notícias France Presse.

Dos lotes de produtos afetados, em Portugal são vendidas apenas as marcas Mars e Snickers.

“A Mars pede a todos os consumidores que tenham comprado uma das barras de chocolate dos produtos referidos para entrar em contacto com a nossa equipa de Apoio ao Consumidor para obter mais informação”, remata a nota.

Não se sabe ao certo quantos chocolates estarão a ser retirados do mercado, mas segundo a BBC, só a Mars Alemanha, em Viersen, produz cerca de 10 milhões de chocolates por dia.

“Queremos evitar que os clientes que compraram estes produtos os consumam”, refere a Mars Alemanha em comunicado, pedindo também aos clientes que entrem em contacto com o fabricante, por telefone ou e-mail.

De acordo com a delegação alemã da Mars, a ordem de retirada de produtos do mercado é a maior da história da companhia de chocolates. A  medida não afeta os Estados Unidos nem o Brasil.

Há quem diga que esta situação foi aproveitada pela empresa como golpe de marketing e que não seria necessário esta medida extrema. Esta retirada do mercado acaba por gerar uma enorme “campanha publicitária” sobre os produtos em todos os media e posiciona a empresa aos olhos do consumidor como socialmente responsável. O custo desta ação é considerado ser bem inferior ao custo de uma campanha publicitária ao nível europeu ou mesmo mundial.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PASSWORD RESET

LOG IN